Filosofia

          Os primeiros registros da Cura Reconectiva® são bastante recentes. Foram observados há cerca de 20 anos pelo Dr. Eric Pearl em sua bem sucedida clínica de massagem quiroprática em Los Angeles, nos Estados Unidos.
                 De uma hora para outra, sem qualquer explicação, diversos de seus pacientes passaram relatar haver sentido suas mãos sobre seu corpo, sem que o quiroprático os tivesse efetivamente tocado. Mais tarde, ao retornar às suas sessões habituais, vários deles relataram melhoras significativas de doenças de naturezas tão diversas quanto artrite, epilepsia e câncer. As curas despertaram o interesse de médicos e familiares destes pacientes. Eles passaram a procurar o Dr. Eric em busca de explicações a respeito do vinha fazendo para conseguir tais resultados. “Não sei e, por favor, não fale sobre isso com ninguém”, era a resposta do Dr. Pearl.
                 Em seu livro, “A Reconexão®: cure os outros, cure a si mesmo”, o Dr. Eric Pearl conta que foi uma cartomante judia de Venice Beach quem o colocou em contato com as referências de que precisava para entender os fenômenos que vinham ocorrendo em seu consultório .
                 Aquela mulher misteriosa a quem Eric consultou o orientou a buscar as explicações que procurava no “Livro do Conhecimento – As chaves de Enoch”, publicado em 1973 por J.J.Hurtak, PhD, PhD, cientista social, futurólogo e visionário, que é o fundador da Academia para a Ciência Futura.
                 O livro-código de caráter científico-espiritual examina enigmas da existência humana e explica sob perspectivas espirituais a realidade terrena. Segundo Hurtak, o conteúdo lhe foi revelado um encontro face a face com Enoch e Metatron, dois aspectos de um mesmo ser da Inteligência Superluminar maior. O livro explora o cenário da cosmologia passada, presente e futura, propõe uma nova abordagem para os caminhos da evolução da consciência humana.
                As Chaves de Enoch® nos ensinam que a convergência e efetiva unificação do pensamento científico-filosófico com a espiritualidade representam condição indispensável para que a Terra alcance a plena superação de grandes desafios . Foi nas Chaves 3.1.4 e 3.1.7 que Eric encontrou o que procurava.
                 A Chave 3.1.7 refere-se à nossa inerente capacidade de autorregeneração por meio da (re)conexão de nossas linhas axiatonais (equivalentes aos meridianos da acupuntura) com as análogas linhas que formam a malha energética que envolve a Terra. Esta grade energética se estende infinitamente permeando todo o universo e nos conecta a outros sistemas estelares. Ela emana uma frequência de energia composta de luz e informação que uma vez sintonizada por nosso Eu Superior nos devolve a capacidade de controlar funções de auto cura e regeneração celular, atuando em todas as estruturas do corpo físico e dos corpos sutis.
                 A Chave 3.1.4 revela que por meio da ressonância de uma projeção de luz que permeia o espaço hiperdimensional, indivíduos são reconectados a seus diagramas originais e perfeitos.
                 Sobre Enoch e Metatron: Quando pesquisamos sobre Enoch e Metatron, encontramos duas correntes de pensamento. De acordo com a primeira, Metatron surgiu no mesmo momento em que Deus criou o universo, e imediatamente assumiu a condição de Arcanjo da mais alta hierarquia angelical.
                Outra corrente de pensamento mais amplamente aceita dá conta de que antes de se tornar anjo, Metatron viveu uma encarnação na terra. Era Enoch, um homem extraordinariamente sábio e piedoso a quem Deus poupou da morte física, arrebatando-o e transformando-o no Arcanjo Metatron, o chefe da categoria angelical denominada Serafins.
                Os Manuscritos do Mar Morto, descobertos em 1947 nas cavernas de Qunram, revelaram livros apócrifos atribuídos a Enoch que foram removidos da Bíblia por líderes religiosos. Nestas escrituras, Enoch se refere a chaves ou códigos do mais elevado conhecimento espiritual e descreve uma maravilhosa civilização que fez mal uso das chaves e que por esta razão, foi incapaz de se salvar do último cataclisma. Entre os fenícios, Enoch foi Cadmos, o criador da escrita. No Egito, era conhecido como Thoth , o "Senhor da Magia e do tempo", e pelos gregos como Hermes Trimegistus , "o mensageiro dos Deuses". Na tradição celto Enoch é lembrado como o enigmático mago Merlim.
                 Como aqueles que atingem a imortalidade, o segredo de como "podemos nos tornar Deuses", Thoth/ Enoch promete retornar no fim dos tempos "com as chaves dos portões das terras sagradas". A Enoch são atribuídas a criação da escrita, o Tarot, e as 22 letras do alfabeto hebraico, Metatron, também chamado Senhor da Luz, é um dos anjos mais importantes na hierarquia celestial. Pertence e chefia uma categoria angelical especial que tem permissão de olhar para diretamente o rosto de Deus.
                Metatron tem 72 nomes hebraicos, todos baseados no nome de Deus (El). Na Cabala, este grande Mestre vive nos mundos superiores, no Mundo de Aziluth, um mundo de felicidade inconcebível, na Região de Kether.